Escolha uma Página

Dores nas pernas – quais são as causas de origem vascular?

Uma das queixas mais frequentes entre os pacientes que procuram um consultório de angiologia e cirurgia vascular é a dor nos membros inferiores.

Normalmente, este sintoma é quase sempre atribuído pela população a problemas circulatórios, o que gera preocupação e ansiedade na busca por um diagnóstico.

Sendo assim, o objetivo desse texto é duplo: 1- tranquilizar o leitor, uma vez que nem toda dor na perna é gerada por uma doença vascular e 2- esclarecer quais são as doenças circulatórias que geram dores nas pernas, e especialmente, quais as características que devem alertar o paciente se vale a pena procurar um especialista vascular para investigação e tratamento.

Iniciarei pela doença vascular mais frequente no nosso meio: a doença venosa crônica

As varizes de membros inferiores são causadas, na maior parte dos casos, por um enfraquecimento da parede venosa e disfunção nas válvulas presentes no interior das veias, estruturas que existem para manter o fluxo venoso saudável.

Como essas alterações são de caráter progressivo, a tendência é haver piora nos sintomas e na quantidade de varizes aparentes com o passar do tempo.

Normalmente, a dor oriunda da doença venosa é decorrente do aumento de pressão no membro, justificado pelo escoamento sanguíneo dificultado pelas varizes.

Assim, a dor geralmente é associada ou descrita como uma sensação de peso nas pernas, e que costuma ser pior ao final do dia ou após longos períodos em pé, melhorando ao deitar ou colocar as pernas para cima.

A presença associada de inchaço nos tornozelos e varizes aparentes chama a atenção para esse diagnóstico.

Caso não haja tratamento, a doença pode progredir com o passar do tempo para casos mais avançados, com manchas e feridas nas pernas.

Doença arterial obstrutiva periférica

Outra doença circulatória importante é a doença arterial obstrutiva periférica, causada pelo entupimento das artérias decorrente das placas de ateroma (placas de gordura relacionadas ao colesterol elevado).

Como as artérias são as responsáveis por levar o sangue oxigenado para as extremidades e, com isso, manter a musculatura e as outras estruturas em um bom metabolismo, então a dor relacionada a doença arterial obstrutiva surge quando exigimos mais da musculatura, como numa caminhada.

Assim o padrão clássico é de uma dor, geralmente em panturrilha, que surge após uma distância de caminhada e que melhora após alguns minutos com a interrupção do exercício.

Caso o paciente retorne a andar, a dor irá novamente se instalar, usualmente após a mesma distância percorrida.

Finalizando

Outras doenças arteriais também podem gerar esse padrão de sintoma, porém a mais comum é a causada pela aterosclerose, como dito anteriormente.

Existem diversas outras doenças que podem ocasionar dores nas pernas, todas exigindo a devida atenção do paciente e seu médico.

As doenças vasculares, quando não tratadas, são responsáveis por perda de qualidade de vida e auto estima, além de poderem resultar em aparecimento de feridas e sofrimento aos pacientes.

Assim, caso você apresente dor com os padrões citados acima, procure um cirurgião vascular para correta avaliação e orientação do tratamento.

error: Conteúdo exclusivo deste site.